Cronologia da escolha do novo treinador do Benfica ,especulações e a decisão final Bruno Lage


30 de Outubro – O presidente, face à contestação a Rui Vitória, garante que este «será o treinador até final do contrato». Ao mesmo tempo, diz que se Rui Vitória sair, existem vários treinadores sinalizados e no dia a seguir o seu sucessor seria apresentado.

28 de Novembro – No rescaldo de mais uma humilhação europeia, em reunião de direcção, decide-se que Rui Vitória deve ser despedido.

29 de Novembro – Rui Vitória afinal fica. «Foi uma luz que me deu», afirmou o presidente, antes de dizer que acreditava mesmo que Rui Vitória era o treinador certo para o projecto do Benfica e que o contexto não era o ideal para "queimar" outra pessoa (pressupõe-se Bruno Lage).



Foi uma luz que me deu


3 de Janeiro – Após dois desaires consecutivos, Rui Vitória é despedido. Terá Vieira deixado de acreditar na sua luz e no seu projecto?



 Rui Vitória é despedido


Ainda 3 de Janeiro – Luís Bernardo ligou para algumas estações televisivas (CMTV) para dizer que até à data nenhum treinador tinha sido contactado para suceder a Rui Vitória. Afirmou ainda que Bruno Lage seria treinador interino, sublinhando a parte deste ser uma solução temporária, e que o processo de escolha do novo treinador começaria na segunda-feira seguinte e seria «competência exclusiva do presidente Luís Filipe Vieira». Portanto, não haveria treinador nenhum para assinar no dia seguinte, conforme prometido a 30 de Outubro.



Luís Bernardo ligou para algumas estações televisivas


6 de Janeiro – Na estreia de Bruno Lage, o Benfica vence o Rio Ave por 4-2. Na conferência de imprensa posterior ao jogo, quando questionado se iria permanecer à frente do Benfica, Bruno Lage diz que a única certeza que tinha é que, no dia seguinte, estaria no Seixal para orientar o treino.

7 de Janeiro – Afinal o novo treinador só será conhecido na semana a seguir. Além disso, em entrevista a Cristina Ferreira, Luís Filipe Vieira reafirma o seu apoio a Rui Vitória e afirma que basta José Mourinho querer que as portas do Benfica estão abertas, pois «o dinheiro não é um problema no Benfica».

10 de Janeiro – Após vários dias de especulação e de barulho desnecessário acerca do novo treinador, tem de ser José Mourinho a vir à imprensa dizer que não recebeu qualquer convite do Benfica.

11 de Janeiro – O Benfica de Bruno Lage volta a vencer.

14 de Janeiro – Bruno Lage torna-se treinador da equipa principal do Benfica a título efectivo. Vieira diz que «foi a primeira opção». Portanto, depois de quase duas semanas como treinador interino, a primeira opção é afinal o próprio interino. Ficam no ar duas questões: Foram precisas duas semanas para convencer o treinador do Benfica a ser treinador do Benfica? O risco que havia de "queimar" Lage quando o Benfica se encontrava a 4 pontos da liderança do campeonato deixou de existir quando essa diferença aumentou para 7 pontos?





No final, resta o alívio por ser Bruno Lage quem orientava a equipa B. Importa porém notar que se temos tido o azar de ser Hélder Cristóvão quem orientava a equipa B, hoje seria ele quem assumia a título efectivo a equipa principal e a época e o futuro poderiam ficar gravemente comprometidos. Com Bruno Lage, ao menos, dá para ter esperança. Títulos não peço, mas a esperança é que eles venham a aparecer, pois finalmente a equipa de futebol é liderada por alguém competente. Do presidente, espero que dê condições para trabalhar à sua "primeira opção", e que não dificulte o seu trabalho como fez nestas duas semanas em que permitiu demasiado ruído em torno de uma liderança que se quer firme.



 Bruno Lage torna-se treinador da equipa principal do Benfica

Sport Lisboa e Benfica Sport Lisboa e Benfica - André Almeida - Golaço

Sport Lisboa e Benfica
Sport Lisboa e Benfica - André Almeida - Golaço 

grande golo do defesa na goleada 6-2 ao braga .

comemoração engraçada com jonas 

 

Campeões Europeus sub 19 estão de regresso aos treinos e foram recebidos desta forma :

Os 5 jogadores campeões da Europa Florentino, Nuno Santos, Mesaque Dju, João Filipe e José Gomes começaram a treinar esta segunda-feira pela equipa B .  e foram recebidos desta forma :